You are here: Home Notícias 2012 5 17 GPA muda de novo conselho da Viavarejo
 
Document Actions

GPA muda de novo conselho da Viavarejo

Autor(es): Por Adriana Mattos
Valor Econômico - 17/05/2012
 

Klein, da Viavarejo, convocou acionistas para aprovar mudança no conselho

O Grupo Pão de Açúcar decidiu mudar o nome dos dois novos conselheiros indicados, na semana passada, para ocupar vagas no conselho de administração da Viavarejo (ex-Globex), formada da união de Casas Bahia e Ponto Frio.

A alteração foi comunicada na noite de ontem à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e informada a dois dias da assembleia de acionistas da Viavarejo, que acontece amanhã.

A assembleia irá homologar a troca de parte do conselho da cadeia varejista, segundo decisão do GPA e da Casas Bahia comunicada no início do mês.

Na segunda-feira passada, o Valor informou que o Grupo Pão de Açúcar e a rede Casas Bahia comunicaram um ao outro, em decisões tomadas unilateralmente, a decisão de mudar dois integrantes do conselho de cada lado. Naquele momento, o Grupo Pão de Açúcar indicou o advogado Pedro Romeiro Hermeto enquanto a Casas Bahia escolheu Ricardo Tepedino.

Além deles, o GPA ainda informou a escolha de Caio Mattar, vice-presidente de negócios especializados da companhia, e a Casas Bahia indicou Renato Carvalho, sócio fundador da Arion Capital, empresa de assessoria financeira e gestão de fundos.

No total, portanto, as alterações atingem quatro cadeiras do total de nove membros da varejista.

Ontem, começaram a circular informações no mercado de que o Grupo Pão de Açúcar poderia indicar novos nomes, mas manter um advogado na nova seleção de conselheiros.

Pelo comunicado informado à CVM ontem, o Grupo Pão de Açúcar deixará de indicar Caio Mattar e, para seu lugar, escolheu Alberto Guth, sócio da Angra Partners, gestora de recursos, e conselheiro em empresas de grande porte. No lugar do advogado Pedro Romeiro Hermeto, que atua nas áreas consultiva do direito civil e comercial, o grupo escolheu Luis Souza, da Souza Cescon Avedissian, Barrieu e Flesch, com atuação em direito empresarial e societário. A Casas Bahia manteve os seus membros escolhidos na semana passada. Michael Klein, presidente de conselho da Viavarejo, já convocou os acionistas para assembleia amanhã. Segundo o GPA, a nova mudança teve a ver com problemas de agenda dos executivos indicados anteriormente.

Essa questão vem à tona a menos de dois meses do término do período de restrição à venda de ações da Viavarejo. GPA e Casas Bahia não podem se desfazer de seus papéis até 1º de julho de 2012, segundo acordo assinado entre os controladores em 2010. Após a data, a família Klein, com 47% do capital da Viavarejo (GPA tem cerca de 52%) tem a opção de se desfazer de sua participação se quiser.

Além disso, como pano de fundo dessas alterações, surge a informação que Michael Klein, presidente do conselho da Viavarejo, tem interesse em adquirir a participação do GPA na empresa. Nada foi oficializado até o momento. Há cerca de duas semanas, Abilio Diniz, presidente do conselho de administração do GPA, disse esperar que o comunicado da sócia Casas Bahia, de mudar os membros da Viavarejo, não tenha nada além de uma mudança normal.

Segundo o acordo acertado entre as partes em julho de 2010, "a partir do 25º mês [do acordo assinado], as partes estarão livres para negociar as ações de emissão de Globex".

April 2014
Su Mo Tu We Th Fr Sa
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30